Feeds:
Posts
Comentários

Leitores Hermanos, é com imenso prazer que eu venho informar a todos que a partir de hoje à noite este blog não receberá mais atualizações.
Meu novo endereço agora é www.argentinofc.com, fruto de uma parceria com Marcelo Montanini. Espero que todos gostem e continuem nos prestigiando.
O site ArgentinoFC – Futebol Argentino como você nunca viu, conterá mais atualizações, mais vídeos, mais entrevistas, enquetes e muita discussão sobre o mais belo futebol do mundo, o Futebol Argentino.

Obrigado a todos.
Saludos Hermanos.

Anúncios

Com uma campanha fraquíssima pela Libertadores 2009, o Lanús recebe o Caracas da Venezuela hoje, somente para cumprir tabela na competição. O grupo 8 da competição tem o Caracas com 9 pontos, o Chivas com 8, o Everton com 7 e o Lanús com apenas 3 pontos.

A equipe Argentina está a 1 ponto do Vélez no Clausura, e este é o principal foco da equipe na temporada. O Caracas busca a vitória para se classificar como o primeiro do grupo e conseguir uma colocação na segunda fase.

Equipes:

CARACAS (VEN): Renny Vega, Giovanny Romero, José Manuel Rey, Deivis Barone, Gabriel Cichero, Luis Vera, Gerardo Torres (Guillermo Ramírez,) Darío Figueroa, Jesús Gómez, Rodrigo Prieto y Rafael Castellín.

LANUS (ARG): Agustín Marchesín, Carlos Arce, Iván Macalik, Emir Faccioli, Leandro Benítez, Nicolás Ramírez, Diego González, Eduardo Ledesma, Diego Lagos, Santiago Biglieri y Germán Cano.

ÁRBITRO: Carlos Vera (Ecuador).

HORA: 19.30 (2230 GMT)

ESTÁDIO: Néstor Díaz Pérez, de Lanús

O jogo foi bom para o Simeone, em seu primeiro jogo na Libertadores como treinador do San Lorenzo, Cholo experimentou e deu certo, a equipe venceu por 2 a 0 o Universitário, e de quebra eliminou a equipe peruana.

“A equipe teve ordem e seu futebol cresceu com relação ao jogo de sábado passado”, declarou Cholo após a partida. Simeone também ressaltou outros aspectos positivos da equipe, “A equipe mostrou uma idéia clara do que está buscando, em todo o primeiro tempo pressionou em todos os setores e sempre visou o gol. Nossa evolução vai ser partida por partida”.

O San Lorenzo já entrou eliminado ontem na Libertadores, mas a partida já serviu de preparação para o jogo de sábado contra o Gimnasia em La Plata, partda importante para a equipe no Clausura.

O mundo xeneize hoje acordo de cabeça para baixo. Circulavam rumores por todos os lados de que Ischia seria demitido e Bianchi assumiria em seu lugar. Mas para desmentir todos os rumores, Bianchi convocou uma coletiva de imprensa, e em um tom bem político colocou os pingos nos “I”schia.

“Carlos Ischia é meu amigo e se tenho que brigar com ele por causa do futebol prefiro ir para casa”, declarou o manager do Boca. “Sabemos que temos problemas, mas creio que as pessoas querem criar problemas onde não existe, e isso não é bom”, completou o Biachi.

Em seu discurso politicamente correto Bianchi procurou sempre acalmar a situação e salientar que ele e o treinador do Boca são amigos. “Sou amigo de Ischia e sei qual é a situação. Estamos em primeiro na Libertadores, e podemos terminar em primeiro, em segundo, em terceiro ou quarto lugar. Creio que muitos querem estar onde estamos. No Clausura não estamos bem. Mas sabemos que este campeonato não é nossa meta.”

Bianchi falou também de sua função como manager e deu futuro como treinador. “Hoje dirijo o departamento de futebol, não sei o que vai acontecer amanhã. Tenho prazer no que faço e creio que as coisas que estamos fazendo estão sendo bem feitas”.

Para completar o tom político do discurso, o manager declarou que o plantel será o mesmo até o final da temporada. A equipe atualmente conta com 13 jogadores no departamento médico. Mas o certo é que dificilmente Ischia permanecerá na equipe caso perca esta semana. O cargo do treinador balança, e já faz tempo.

O já eliminado San Lorenzo, entra em campo hoje pela Taça Libertadores da América, para cumprir tabela. A equipe Argentina encara o Deportivo do Peru, que tenta uma vaga nas oitavas de final da competição.

Esta será a primeira partida de Diego Simeone frente ao San Lorenzo pela Libertadores. O treinador substitui Miguel Angel Russo, que foi demitido na última semana, quando a equipe foi desclassificada na Libertadores.

Simeone pretende entrar com vários jogadores reservas, para conhecer melhor a equipe e também preservar os jogadores para o Clausura.

Formações

SAN LORENZO: Hilario Navarro; Adrián González, Nicolás Bianchi Arce, Jonathan Bottinelli, Germán Voboril; Cristian Chávez, Juan Manuel Torres, Salvador Reynoso; Alejandro Gómez, Bruno Fornaroli y Hernán Peirone. Técnico: Diego Simeone.

UNIVERSITARIO: Raúl Fernández; Renzo Revoredo, Carlos Galván, John Galliquio, Nelinho Quina; Reiner Torres, Rodolfo Espinoza, Johan Vásquez, Miguel Torres, Nolberto Solano y Ronaille Calheira. Técnico: Juan Reynoso.

ÁRBITRO: Enrique Osés (CHI)

ESTÁDIO: Pedro Bidegain, ‘Nuevo Gasómetro’.

Hora: 20:50

Após vencer de goleada, e de virada, o último jogo no Clausura, o Vélez demonstrou hoje que está com sorte de campeão. A notícia boa para o Vélez veio de Palma de Mallorca, na Espanha.

O clube espanhol chegou a um acordo com o volante da seleção Gutiérrez, que atualmente esta no Newcastle da Inglaterra. O volante que havia deixado o clube sem pagar a multa, apoiado em uma cláusula da FIFA, acertou sua rescisão contratual hoje com o Mallorca, que pedia 15 milhões de euros.

O valor da rescisão é de 5.200.000 euros, montante que divido ao meio com o Vélez. Jonas jogo no Fortín entre 2000 e 2005 e ganhou o Clausura de 2005. Esta é uma boa maneira de devolver ao Vélez tudo o que o clube fez pelo atleta. E para o Clube, é um bom dinheiro, ainda mais em época de crise mundial.

Confira todos os gols da última rodada.